Apresentação do livro “Quando Ninguém Podia Ficar – Racismo, habitação e território”

Sábado, 04 de Dezembro, às 17h30, no espaço INSTITUTO (Rua dos Clérigos 44, 4050-204 Porto).

O SOS RACISMO convida para a apresentação do livro Quando Ninguém Podia Ficar (Tigre de Papel, 2021), da antropóloga Ana Rita Alves, que contará com a sua participação e também de Mamadou Ba que prefaciou este trabalho.

Sinopse do livro:


Partindo de uma revisão e análise críticas de (con)textos políticos, académicos e mediáticos, este livro procura compreender como se tem (re)construído historicamente a relação entre periferia, direito à habitação e raça/racismo no Portugal contemporâneo. Nas páginas deste livro encontrar-se-á, de certa forma, o início do fim do Programa Especial de Realojamento (PER), traduzido na dilaceração e na resistência de uma comunidade histórica, à altura maioritariamente negra, na cidade da Amadora: o bairro de Santa Filomena. E, se é verdade que a história de um lugar particular não possibilita narrar na totalidade um programa de âmbito nacional/metropolitano, com especificidades territoriais indiscutíveis, a história que aqui se reconta não deixa de ser paradigmática de como o Estado português tem pensado e gerido populações negras, Roma/ciganas e imigrantes empobrecidas no espaço urbano –, ilustrando racionalidades eurocêntricas que urge repensar.

Devido às restrições relativas à pandemia COVID-19 os lugares são limitados a 20 pessoas. Por favor faça a sua pré-inscrição. A pré-inscrição não garante lugar mas ajuda-nos a perceber quantas pessoas desejam comparecer. A entrada será feita por ordem de chegada: https://forms.gle/TeMFdb1iMMZFW9ZU7