Untitled

Notícia do Público [Ultimas Notícias]: O alto comissário para a Imigração e Minorias Étnicas, padre Vaz Pinto, defendeu hoje que Portugal deve avançar com uma política de acolhimento e integração concertada e eficaz dos imigrantes. O responsável considera, ainda assim, que a legislação é “generosa” porque em termos de direitos equipara imigrantes e portugueses mas, ressalva, “entre a Constituição e a realidade vai uma grande distância”. Num colóquio sobre imigração marroquina, a decorrer até sexta-feira na Universidade Fernando Pessoa, no Porto, Vaz Pinto considerou que a gestão dos fluxos migratórios através de quotas é “a menos má das políticas, embora ainda muito imperfeita”. “As medidas que facilitam nem sempre são as mais humanas e não evitam o racismo e a xenofobia”, disse Vaz Pinto.

SOS Racismo

Organização sem fins lucrativos que combate o racismo na sociedade portuguesa. Tem como principais objetivos promover a reflexão, denunciar e intervir com vista a uma sociedade que respeita a igualdade de direitos para tod@s, sem discriminações.