Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: O bispo de Angra do Heroísmo, Açores, D. António Braga, defendeu ontem a adopção de medidas que ponham fim ao “ciclo vicioso” que impede a legalização de muitos dos imigrantes que residem e trabalham em Portugal. “Os imigrantes não têm contrato de trabalho porque não estão legalizados e não podem legalizar-se porque não têm contrato de trabalho”, escreve o prelado numa nota sobre o Dia Diocesano da Imigração, que se hoje se assinala. Embora reconhecendo como “boa medida” o registo prévio que está a decorrer para a regularização dos imigrantes em situação de trabalho dependente, D.António Braga interroga-se sobre “o que vai acontecer aos trabalhadores imigrantes sem contrato de trabalho”.

SOS Racismo

Organização sem fins lucrativos que combate o racismo na sociedade portuguesa. Tem como principais objetivos promover a reflexão, denunciar e intervir com vista a uma sociedade que respeita a igualdade de direitos para tod@s, sem discriminações.