Untitled

Notícia do Diário de Notícias e Jornal de Notícias: É um daqueles casos em que o mal de um – Samuel Eto’o – veio para o bem de todos. A 25 de Fevereiro passado, o avançado camaronês ameaçou abandonar a segunda parte do jogo do Barcelona em Saragoça, devido aos insultos racistas provenientes das bancadas do Estádio La Rosaleda. O episódio de Eto’o a dirigir-se para fora do relvado com o árbitro pela frente a pedir-lhe para regressar chocou não só a Espanha como o mundo e desencadeou uma forte reacção dos organismos que regem o futebol. Ontem, a FIFA fez chegar a todas as federações a sua intransigência: a partir de agora, os actos racistas nos estádios de futebol vão passar a ser punidos com perda de pontos e até descida de divisão para os clubes.

SOS Racismo (a)

Organização sem fins lucrativos que combate o racismo na sociedade portuguesa. Tem como principais objetivos promover a reflexão, denunciar e intervir com vista a uma sociedade que respeita a igualdade de direitos para tod@s, sem discriminações.