Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: A falta de pessoal para vigiar as praias no Litoral Alentejano está a levar à “importação” de nadadores salvadores, com recurso a jovens do interior do país e a estrangeiros que estudam emPortugal. Aleksandra Klos, da Polónia, e Paulo Varela, de Cabo Verde, são dois dos jovens contratados pela Resgate – Associação de Nadadores Salvadores do Litoral Alentejano – para a vigilância das 15 praias sob a sua responsabilidade.

SOS Racismo

Organização sem fins lucrativos que combate o racismo na sociedade portuguesa. Tem como principais objetivos promover a reflexão, denunciar e intervir com vista a uma sociedade que respeita a igualdade de direitos para tod@s, sem discriminações.