Untitled

Notícia do Observatório do Algarve: Apesar de serem conhecidos pela herança de miscenização étnica e cultural, dos casamentos mistos e da actual legislação punir racismo e discriminação, um em cada cinco portugueses são racistas. Neste contexto, revelado por uma pesquisa do Instituto de Ciências Sociais acerca das atitudes e valores dos portugueses, o Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial, que se celebra hoje, 21 de Março, por decisão tomada em 1965 pela ONU, reveste-se de uma insuspeita actualidade. O sociólogo João Filipe Marques, docente da Faculdade de Economia da Universidade do Algarve, cuja tese de doutoramento “do «não racismo português» aos dois racismos dos portugueses” tem lançamento marcado para o próximo mês de Abril, salienta: “É na denúncia implacável dos afastamentos aos princípios da igualdade cívica, jurídica e política de todos os indivíduos que se pode, senão eliminar, pelo menos reduzir à mínima expressão as paixões racistas dos homens”.

SOS Racismo

Organização sem fins lucrativos que combate o racismo na sociedade portuguesa. Tem como principais objetivos promover a reflexão, denunciar e intervir com vista a uma sociedade que respeita a igualdade de direitos para tod@s, sem discriminações.