Untitled

Notícia da SIC: A linha telefónica de atendimento do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) está fechada porque não consegue dar resposta aos telefonemas que recebe. Várias pessoas deslocaram-se esta quarta-feira ao SEF para tratar de assuntos, acabando por criar alguma confusão. O SEF de Lisboa estava a atender os imigrantes através de marcações por telefone, de forma a evitar as longas filas de espera. Mas a linha foi suspensa por não estar a responder aos pedidos dos últimos dias. A impossibilidade de agendar atendimentos acabou por levar hoje dezenas de pessoas às instalações do SEF para pedir informações ou tratar de documentos à beira de caducarem, sob pena de pagarem multa.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: A corveta “Jacinto Cândido” interceptou, anteontem, na costa do Senegal, uma embarcação com cerca de 90 imigrantes ilegais que, aparentemente, se dirigia para as Canárias, anunciou a Marinha Portuguesa. Segundo a nota da Marinha, a intercepção efectuou-se cerca das 18.30 horas pela corveta portuguesa integrada numa operação europeia de combate à emigração ilegal ao longo da costa do Senegal.

Untitled

Notícia do Correio da Manhã: O chefe do grupo de etnia cigana que está a ser acusado de perseguir uma família de Abrançalha de Cima, Abrantes, para vingar a agressão a um filho de 20 anos, disse ontem que não vai haver novas perseguições nem ataques.

Untitled

Notícia do Diário Digital: Os imigrantes que pretendam deslocar-se ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) na região de Lisboa para pedir a Autorização de Residência poderão, a partir de hoje, agendar o atendimento e evitar filas de espera. A decisão de criar uma linha específica (808 202 667, número azul, custo de chamada local) foi decidida depois de um enorme fluxo de chamadas de estrangeiros que pretendem regularizar a sua situação ao abrigo das novas medidas decididas pelo Governo.

Untitled

Notícia da SIC: O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) está a ser inundado de chamadas desde o dia 3, quando a nova lei de Imigração entrou em vigor. Em apenas cinco dias recebeu 900 mil telefonemas. A procura é tanta que o SEF decidiu criar uma nova linha telefónica, que funcionará a partir de quinta-feira.

Untitled

Notícia do Primeiro de Janeiro: Mais de 2.500 imigrantes menores não acompanhados estavam em “situação de desamparo” em Espanha no final do ano passado, o que significa que viviam em centros de acolhimento, referem dados oficiais divulgados ontem.No mesmo período, e de acordo com os números tornados públicos pelo governo espanhol, foram repatriados para os seus países de origem, e não identificados, 111 menores. Os números confirmam a tendência crescente para a entrada de menores ilegais no país, particularmente através das redes de tráfico de pessoas oriundas do continente africano.

Untitled

Notícia do Diário Digital: O presidente da Comissão Episcopal da Migração Humana, D. António Vitalino, elogiou hoje em Fátima a nova lei da imigração e apelou aos portugueses para combaterem as máfias que sustentam mão-de-obra barata. «A nova lei da imigração e o ante-projecto de regulamentação em curso vieram trazer alguma clareza nos procedimentos, sobretudo na concessão de residência e no reagrupamento familiar, mas ainda há um longo caminho a percorrer», considerou o bispo na homilia na primeira celebração eucarística que termina segunda-feira sob a presidência do cardeal-arcebispo Sean O’Malley, de Boston.