Untitled

Notícia do Diário Digital: Cristina Gatões, sub-directora regional do Centro do SEF, revelou à agência Lusa que foram apreendidos, além da meia centena de passaportes, outros documentos forjados, como cartões de contribuinte, autorizações de residência e contratos de trabalho, e carimbos de embaixadas. A responsável do SEF disse que as apreensões e a detenção de um suspeito na quinta-feira, na zona de Tomar, são o resultado de «buscas em vários locais do país». Adiantou que «ainda não há informações suficientes» que indiciem tratar-se de uma eventual rede de falsificação de documentos e auxílio à emigração ilegal.

Untitled

Notícia do Público, Correio da Manhã e Jornal de Notícias: O jovem brasileiro retido no aeroporto de Lisboa desde as 5h00 de quarta-feira, por não ter conseguido explicar, por supostamente ser epiléptico, que vinha visitar a mãe, foi autorizado a entrar ontem em Portugal após 36 horas de detenção. Fonte do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) disse à Lusa que autorizou a entrada em território nacional de Igor Oliveira, de 19 anos, depois de o companheiro português da sua mãe, João Cabrita, “se ter responsabilizado pela sua estadia em Portugal”. O SEF negou que o jovem tenha epilepsia, como fora dito pelos seus familiares, afirmando que foi o próprio Igor a confirmá-lo às autoridades portuguesas.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias e Correio da Manhã (Internacional): U m homem de negócios luso-americano residente no estado de Connecticut, nos Estados Unidos, foi anteontem condenado no tribunal federal, na cidade de New Haven, a 10 meses de cadeia por recrutar ilegalmente portugueses para trabalhar na sua rede de restaurantes “Donkin’ Donuts”.

Untitled

Notícia do Público, Jornal de Notícias e Diário de Notícias: Muitos jornalistas e aparato policial e poucos manifestantes. Apenas cerca de 200 nacionalistas estiveram ontem na manifestação do 1º de Maio organizada pelo Partido Nacional Renovador (PNR) em Lisboa.Com encontro marcado para as 16h, no Largo do Rato, a manifestação desceu em marcha a Braamcamp para fechar no Marquês de Pombal com um discurso de José Pinto Coelho, o presidente do PNR. O lema do encontro, a que se terão juntado apenas dois convidados de plataformas de extrema-direita alemãs, foi “Trabalho Nacional: Prioridade Nacionalista!” – no seu discurso, José Pinto Coelho apelou à protecção dos profissionais nascidos em Portugal contra aquilo a que chama a escravatura do capitalismo desenfreado: os imigrantes.

Untitled

Notícia do Correio da Manhã e Jornal de Notícias: Os moradores da Av. 1.º de Maio, no Fogueteiro, Seixal, viveram ontem uma madrugada de sobressalto. Um grupo de cerca de trinta jovens, residentes na freguesia da Arrentela, destruiu à pedrada as montras de vários estabelecimentos comerciais daquela artéria, minutos depois de ter abandonado à pressa o bairro do Jamaica, situado nas imediações do local dos distúrbios.