Untitled

Notícia do Diário de Notícias: Foi uma madrugada de sobressalto para as gentes do Bairro Prodac, no Vale Fundão, na zona oriental de Lisboa. Uma festa, alegadamente para obter fundos para ajudar as crianças da Guiné, terminou em perseguição aos tiros de pistola e caçadeira, aparentemente num cenário que leva a crer num ajuste de contas entre bandos rivais.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: De um lado estava Carmona Rodrigues, do outro a Extrema-Direita e a meio e misturada estava a PSP, com elementos fardados e à civil, e ainda havia lugar para os “Amigos de Olivença”. Encontraram-se todos na Praça dos Restauradores, em Lisboa, no âmbito das comemorações do Dia da Independência.Para o presidente da Câmara de Lisboa, a presença da manifestação convocada pelo Partido Nacional Renovador (PNR) a cerca de 20 metros do palanque das entidades oficiais foi uma oportunidade. “Há sempre um aproveitamento destas ocasiões”, disse, desvalorizando a centena de manifestantes de Extrema-Direita. Mas, para Pinto Coelho, dirigente do PNR, as cerimónias oficiais “não passam de acções politicamente correctas, desprovidas de alma”.

Untitled

Notícia do Diário de Notícias: O número de estrangeiros residentes em Portugal voltou a aumentar em 2005, em relação a 2004, (passou de 263 353 para 275 906), mantendo-se assim a tendência de crescimento dos últimos anos. Apesar disso, houve um ligeiro abrandamento nesta tendência. No ano passado, a população estrangeira cresceu 4,8%. Em 2004, esse crescimento tinha sido ligeiramente superior: 6%.Estes são dados das estatísticas demográficas de 2005 para Por- tugal, divulgadas ontem pelo Instituto de Nacional de Estatística (INE). Os números mostram também que, em 2005, o número de pedidos de residência por parte de cidadãos estrangeiros diminuiu 15,7%, em relação a 2004, passando de 14 462, há dois anos, para 13 862 em 2005. Outros 1309 estrangeiros cessaram também no ano passado o seu estatuto de residentes no País.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias (Internacional): A Comissão Europeia propôs ontem a criação de um sistema de vigilância europeu e de uma rede de patrulhas costeiras para reforçar o controlo das fronteiras marítimas externas do Sul da Europa, no âmbito do combate à imigração ilegal, numa proposta que pretende ser um contributo para o debate sobre a migração agendado para a cimeira de chefes de Estado e de Governo a 14 e 15 de Dezembro.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: O chamado “bairro dos ciganos”, a sul da Marinha de Silvalde, em Espinho, começou, ontem, a ser demolido. Os moradores do bairro, esses, já estão realojados num bloco de apartamentos de habitação social, construído a algumas centenas de metros daquele local, e que já se encontrava pronto há quase dois anos e meio. Segundo André Duarte, da Divisão de Acção Social da Câmara Municipal, o realojamento, que teve lugar há exactamente uma semana, decorreu dentro da normalidade e ordeiramente. Porém, segundo diversos testemunhos relatados ao JN, a história poderá ter sido bem diferente. Na passada sexta-feira, depois de um vendaval que assolou o concelho de Espinho, vendo a estabilidade das casas, ou melhor, das barracas e casas abarracadas, seriamente comprometida, vários moradores do dito “bairro dos ciganos” ter-se-ão se dirigido à Associação de Desenvolvimento do Concelho de Espinho, onde estão instalados os serviços de Acção Social, para contar aos técnicos presentes o que se passava e para reclamar por casa.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: Criar novos balcões de atendimento, estabelecer parcerias e vencer a burocracia são os principais desafios da Conservatória dos Registos Centrais (CRC) e dos consulados na operacionalização da Lei da Nacionalidade que hoje entra em vigor. O número de pedidos de naturalização e de nacionalidade originária, que já tinha tendência crescente sustentada (em seis anos, a única excepção registou-se em 2005), deverá aumentar exponencialmente com as portas abertas à terceira geração de emigrantes e a filhos de imigrantes nascidos em Portugal.Sem mãos a medir face à crescente procura da nacionalidade, os serviços têm enfrentado um número galopante de processos pendentes – em 2002 tinham transitado para o ano seguinte 4992, número que no ano passado atingiu já os 11097. Cabo Verde, Guiné-Bissau e Brasil são os três países que lideram em número de candidaturas e deferimentos.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: As autoridades estão atentas ao fenómeno das claques de clubes de futebol e têm em curso várias investigações sobre os seus membros, forma de organização e eventuais ligações a criminalidade organizada. Especificamente, de acordo com informações recolhidas pelo JN, a Polícia Judiciária tem pendentes inquéritos sobre membros ligados às claques afectas aos três maiores clubes – Benfica, Sporting e F. C. Porto sobre indícios de envolvimento em tráfico de droga e criminalidade violenta, com tráfico de armas, ligada a momentos de extrema-direita.Em causa está o modo de vida de alguns dos líderes daqueles grupos, que, apesar de não terem ocupação profissional conhecida, ostentam riqueza, circulando em carros topo de gama. Alheia a estas investigações não está a circunstância de alguns dos membros das claques possuírem antecedentes policiais por crimes ligados ao tráfico e à violência.