Untitled

Notícia do Diário Digital e Portugal Diário (Internacional): Milhares de pessoas manifestaram-se, este sábado, em Paris, contra um projecto-lei que descrevem como de «imigração descartável», enquanto algumas confissões religiosas pediam humanidade no tratamento da questão. Segundo os organizadores, entre dez mil e quinze mil pessoas protestaram contra o projecto de lei sobre imigração do ministro do Interior, Nicolas Sarkozy, que começa a ser debatido terça-feira no parlamento. A polícia não divulgou números sobre a adesão à manifestação, convocada pela plataforma «Unidos contra uma Imigração Descartável», integrada, nomeadamente pelo SOS Racismo, pelo Movimento contra o Racismo e pela Amizade entre os Povos (MRAP).

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias e Diário Digital (Internacional): A primeira versão em castelhano do hino dos EUA, que já suscitou grande polémica, estreou ontem no meio de um debate sobre a política migratória. Para depois de amanhã estão previstas manifestações em defesa dos imigrantes. Nos Estados Unidos, 69% dos cidadãos considera «inapropriado» que se cante o hino nacional em espanhol, segundo um inquérito efectuado a 1.011 adultos, entre 28 e 30 de Abril.

Untitled

Notícia do Público: A atribuição de bolsas de estudo pelo Governo português a estudantes africanos de países lusófonos leva à sua fixação em Portugal, em vez de contribuir para o desenvolvimento das suas nações de origem, refere um relatório da Organização do Comércio e Desenvolvimento Económico (OCDE) que avalia as políticas de cooperação em Portugal. Governo reconhece falhas apontadas no documento e vai mudar atribuição de apoios para formação.

Untitled

Notícia do Primeiro de Janeiro e Público: As comemorações do 50º aniversário da Fundação Calouste Gulbenkian têm início a 18 de Julho deste ano e prolongam-se até ao final de 2007. De acordo com Rui Vilar, presidente da instituição, a imigração e a “interculturalidade” vão marcar a extensa agenda de actividades.

Untitled

Notícia da Lusa (Internacional): O Departamento de Imigração da Austrália divulgou hoje uma lista de 24 atletas e dirigentes esportivos que permanecem ilegalmente no país após o fim dos Jogos da Commonwealth, realizados em março. A lista inclui cidadãos de Moçambique, Canadá, Reino Unido, Camarões, Nigéria, Trindade e Tobago, Índia, Tonga, Gana e Tanzânia.

Untitled

Notícia do Diário Digital (Internacional): A Liga dos Cidadãos Unidos da América Latina (Lulac) lançou duras críticas a um jogo virtual que incita à defesa das fronteiras dos EUA. O videojogo tem como objectivo impedir a imigração ilegal «a qualquer preço».
Diversos sites racistas e homofóbicos divulgaram o jogo «Border Patrol», que chega a muitos cibernautas via e-mail. O responsável pela página que o distribui ainda não foi identificado.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias e Portugal Diário: Portugal foi o país europeu que mais recusou a entrada de brasileiras suspeitas de serem vítimas do tráfico internacional com fins de exploração sexual no ano passado, revela um estudo da representação da ONU no Brasil. O estudo foi realizado com 175 mulhereXs no momento em que regressavam ao Brasil, depois de terem sido deportadas ou não aceites pelas autoridades de imigração no estrangeiro.