Untitled

Notícia do Público, Portugal Diário e Correio da Manhã: O Governo aprovou ontem um decreto-lei que concede aos estrangeiros com título válido de permanência o acesso a prestações familiares (abono de família e RSI). A medida abrange ainda os que possuem título de “autorização de residência emitido ao abrigo do reagrupamento familiar, visto de estudo quando o titular exerça actividade profissional e visto de estada temporária emitido a familiares de titulares de visto de trabalho, bem como prorrogações de título de permanência”.

Untitled

Notícia do Público, Diário de Notícias e Jornal de Notícias: O príncipe Karim Aga Khan assinou ontem um protocolo de cooperação com o Governo português para os próximos dez anos, para ajudar no combate à pobreza. São vários os objectivos: alcançar a cobertura completa do território com creches para crianças pobres e com lares para idosos mais desfavorecidos; aumentar o número de instituições para doentes mentais; e ajudar na erradicação de barracas e na integração das várias comunidades imigrantes.

Untitled

Notícia do Púbico: Quarenta e três finalistas de Arquitectura do Instituto Superior Técnico (IST) respondem hoje a um desafio que lhes foi lançado pelo arquitecto Manuel Salgado, que é responsável pela cadeira de projecto do final do curso: como sofisticar o bairro de Chelas, libertando-o do estigma de ghetto que sempre lhe esteve colado?

Untitled

Notícia do Público: Perto de 1400 famílias residentes nos bairros sociais das Amendoeiras e dos Lóios – antigas zonas I e N2 de Chelas – estão a ser contactadas pela Fundação D. Pedro IV, uma instituição particular de solidariedade social, para começarem a pagar rendas 20 a 30 vezes superiores às que pagaram ao antigo Fundo de Fomento de Habitação e ao Instituto de Gestão e Alienação do Património Habitacional do Estado (IGAPHE) durante quase trinta anos. O fogos eram do Estado e foram oferecidos pelo IGAPHE à Fundação D. Pedro IV em Fevereiro.

Untitled

Notícia do Diário de Notícias, Público, Jornal de Notícias, Correio da Manhã e Portugal Diário (Internacional): Pelo menos 45 pessoas morreram e 40 ficaram feridas em consequência de um movimento de pânico num campo de refugiados na cidade de Chennai, no Sul da Índia. O acidente ocorreu ontem de manhã, quando cerca de quatro mil pessoas, vítimas de inundações, se encontravam há várias horas numa fila à porta de uma escola que funciona como centro de distribuição de cupões de alimentação. De acordo com a agência noticiosa indiana Press Trust of India, corria o rumor de que ontem seria o último dia de distribuição de cupões, o que deixou as pessoas bastante ansiosas.