Untitled

Notícia do Portugal Diário: O director-geral do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), Manuel Jarmela Palos, afirmou hoje que a actual da Lei da Nacionalidade origina «injustiças», pelo que apoia a revisão em curso do diploma. Comentando, assim uma notícia da edição de hoje do jornal «Público».

Untitled

Notícia do Público e do Diário Digital: Os investigadores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) temem que, caso seja aprovada a nova lei da nacionalidade sugerida pelo Presidente da República, Jorge Sampaio, haja um afluxo de estrangeiras grávidas a Portugal e, em simultâneo, o Estado seja obrigado a legalizar cidadãos estrangeiros que, por via da maternidade e paternidade, passam automaticamente a ter regularizada a situação no país.

Untitled

Notícia do Público, do Diário Digital e da SIC: O Governo está a estudar a hipótese de se construírem centros para deter os imigrantes que se encontram ilegais em Portugal e que aguardam pela expulsão do país. O principal objectivo da medida é travar os estrangeiros irregulares que, uma vez detectados pelas autoridades, acabam por ser libertados e fugir durante o processo judicial de deportação. Esta proposta do Governo é contestada pelas associações humanitárias e católicas. Experiência na Portela deixa dúvidas. Situação nos outros países europeus.