Untitled

Entrevista do Correio da Manhã: Mário Machado, segurança, foi um dos cinco cabeças-rapadas identificados sexta-feira pela GNR de Coruche. Diz que foi ao local para ajudar a população e promete voltar com mais ‘skins’ caso os confrontos se repitam com a comunidade cigana.

Untitled

Notícia do Diário de Notícias (Internacional): A campanha do referendo Tratado Constitucional em França está a mobilizar os sectores mais jovens das comunidades imigrantes, entre as quais a portuguesa, que se têm envolvido quer nas campanhas do “sim” quer do “não”.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: Uma das famílias ciganas de Coruche reuniu-se, ontem, com o presidente da Câmara e pediu desculpa pelos conflitos da passada semana, que culminaram com a destruição de um bar e com duas pessoas feridas. Os ciganos solicitaram ainda ao edil que os realojasse noutro local da vila, para não serem confundidos com outras famílias, que acusam da autoria dos distúrbios.

Untitled

Notícia do Público, do Diário de Notícias e do Jornal de Notícias: O uso da força e os maus-tratos por parte da Polícia e guardas prisionais continuam a ser referidos no relatório de 2004 da Amnistia Internacional (AI) sobre Portugal. O documento faz referência também à existência de um elevado número de mortes nas prisões e denúncias de racismo e discriminação. “Continuaram a ser denunciados casos de uso desproporcional da força e maus-tratos por parte da Polícia”, lê-se no documento cedido pela secção portuguesa da AI, sublinhando que “não foram tomadas medidas para criar uma agência de monitorização, independente” do Ministério da Administração Interna (MAI), para investigar violações dos Direitos Humanos.

Untitled

Notícia do Primeiro de Janeiro: O Dia da África, que se comemora hoje é assinalado pela Associação Portugal-Moçambique (APM) com um colóquio/debate sobre África, pelas 19 horas na sede da instituição de interesse público, o Espaço Moçambique. À semelhança do que tem vindo a acontecer nos últimos anos, a associação lembra o dia que, por excelência, pretende “reforçar os laços entre África e Portugal”.

Untitled

Notícia do Público, do Jornal de Notícias, do Correio da Manhã e do Diário Digital: O Tribunal Judicial de Amares determinou ontem que dois dos dez suspeitos de se dedicarem à angariação e tráfico de pessoas para prostituição, detidos na madrugada e manhã de domingo pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), ficassem em prisão preventiva. Os detidos são o dono do bar de alterne encerrado na sequência desta operação e a sua presumível cúmplice, uma cidadã brasileira. Entre os dez detidos no domingo figuram sete portugueses e três cidadãs brasileiras. Esta grande operação permitiu a desarticulação de uma rede que alegadamente angariava mulhereXs no Brasil com promessas de emprego em Portugal.