Untitled

Notícia do Primeiro de Janeiro [Internacional]: Imigração, liberdade associativa, o desenvolvimento dos recursos humanos e a globalização são os temas dominantes da conferência anual da Organização Internacional Trabalho (OIT) que ontem começou em Genebra, na Suíça (…) A conferência, que deverá contar com mais de três mil participantes, terá comités para analisar o recente relatório da OIT sobre os trabalhadores migrantes e o seu impacto na economia mundial.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: Alcanices, localidade espanhola a pouco mais de 30 quilómetros de Bragança, viu aumentada a sua população desde que, em Fevereiro deste ano, as mulhereXs de nacionalidade brasileira que trabalhavam como alternadeiras na cidade portuguesa se mudaram para o outro lado da fronteira. O movimento nocturno aumentou, sobretudo à sexta-feira e ao sábado.

Untitled

Notícia do Correio da Manhã: Ainda recentemente, um jornal marroquino expressava preocupação. Depois do 11 de Março e do atentado em Madrid os cidadãos de Marrocos a trabalhar em Portugal e Espanha tornaram-se verdadeiros alvos. Não chocará ninguém o aumento do controlo policial sobre os magrebinos, tanto mais que o nosso país é um ponto de destino dos imigrantes. No entanto não serão só os magrebinos, mas também paquistaneses e ‘bangladechianos’ estão a ser discretamente controlados, estes mais devido aos negócios de telemóveis e ao respectivo desbloqueamento destes equipamentos.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: Os três imigrantes angolanos em greve de fome desde sexta-feira frente aos Paços do Concelho afirmam que não vão desistir dos seus propósitos até a Câmara de Loures lhes apresentar uma solução. A Associação de Defesa dos Angolanos convocou ontem uma concentração em frente à Câmara, num gesto de solidariedade e apoio.