Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: Moradores de prédio na Rua Fonte do Mundo, em Braga, queixam-se ao governador civil de restaurante russo. Os moradores que lideram o protesto advertem que não os move “nenhuma hostilidade de carácter xenófobo contra os donos e a maioria dos frequentadores” do restaurante russo da Rua Fonte do Mundo. Apenas exigem o cumprimento da lei, para que seja garantido o sossego a que têm direito. Mas o dono do restaurante associa as queixas ao facto de alguns moradores do prédio “não gostarem de russos, nem de ucranianos”.

Untitled

Notícia do Público: Slogans” panfletários contra os imigrantes ou as “uniões ‘gay'” , frases que exortam os valores da família como uma “prioridade nacional”, apelos “contra o sistema da destruição nacional”. São estes alguns dos contéudos que podem ser lidos em cartazes espalhados nas ruas de Lisboa, Porto e Aveiro, naquela que é mais uma campanha de propaganda do Partido Nacional Renovador (PNR). Rectificação de parte da notícia no Público de Quinta feira, dia 30 de Outubro.

Untitled

Notícia do TSF: A Comissão Europeia quer combater as redes transnacionais de crime organizado, pelo que António Vitorino, comissário europeu para a Justiça e Assuntos Internos, anunciou a criação de uma agência para a gestão de fronteiras externas da UE.

Untitled

Reportagem no Jornal Público: O preço vulgar por um noivo português será de dois mil euros. Mas ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) já chegaram informações de consortes que receberam cinco mil, adianta o chefe do departamento de Investigação, Joaquim Pedro Oliveira. E nos Serviços de Registo e Notariado até já se ouviram cochichos que apontavam para os 25 mil euros.

Untitled

Notícia do Jornal Público e do Correio da Manhã: A Polícia Judiciária (PJ) anunciou a detenção de um presumível membro da associação criminosa desmantelada em Setembro através da “operação Queen”, que operava a partir de Portugal em diversos países europeus. O homem, detido quinta-feira, é suspeito da prática dos crimes de contrabando de álcool e tabaco, branqueamento de capitais, receptação de mercadorias objecto de crime aduaneiro, introdução fraudulenta no consumo, fraude fiscal qualificada e falsificação de documentos, entre outros. A rede criminosa, cujos prejuízos “são incomensuráveis”, segundo a polícia, tinha ligações em Espanha, França, Itália, Reino Unido, Bélgica, Dinamarca e Noruega. A PJ deteve também um estrangeiro por “fortes suspeitas” da prática continuada de crimes de falsificação de documentos autênticos. As investigações apontam para a falsificação, há mais de um ano, de cartas de condução do Paquistão e de certificados da respectiva embaixada a confirmar a autenticidade daqueles documentos.

Untitled

Entrevista no Jornal Público: “As Políticas de Integração Europeia Trouxeram Enormes Desvantagens para África” afirma o nigeriano Adebayo Adedeji, professor de Economia, fundador e actual director do “African Centre for Development and Strategic Studies”, na Nigéria. “Ninguém a nível oficial europeu dirá que perdeu o interesse por África mas o certo em que não se vêem acções concretas”, disse em entrevista ao PÚBLICO.