Untitled

Notícia do Diário de Notícias: Os cidadãos estrangeiros com autorização de residência em Portugal, cerca de 210 mil, vão ter um documento à prova de falsificação ou contrafacção onde, a médio prazo, podem ser introduzidos num chip sem contacto, dados biométricos, como a cor da íris e a impressão digital.

Untitled

Notícia do PÚBLICO: Um médico especialista em recém-nascidos acusa as autoridades de saúde portuguesas de “abandonarem” as grávidas imigrantes, sobretudo as de origem subsariana, criando um problema de saúde pública no que diz respeito ao estado clínico dos bebés.