Untitled

Notícia do Público (Internacional): Grupos aumentam mais de 200 por cento. Milícias paramilitares subiram de 42 em 2008 para 127 em 2009.Desde a tomada de posse de Barack Obama como Presidente dos Estados Unidos, a actividade das chamadas “milícias patrióticas” e outros grupos extremistas de direita que vêem o Governo federal como o inimigo cresceu 244 por cento, segundo os números do Southern Poverty Law Center (SPLC), uma organização apartidária de direitos civis que documenta o ódio e a intolerância na América.

Untitled

Notícia do Público (Internacional) : Paris Saint-Germain, o clube que não quer mais adeptos nas bancadas devido à violência entre as suas claques.“Futebol não é violência”, canta o rapper brasileiro Gabriel O Pensador no “Rap das torcidas”. Mas a realidade não pára de o contrariar. A morte de um adepto do Paris Saint-Germain é o episódio mais recente de uma longa história de ódio entre claques do clube parisiense. Identificado apenas como Yann L., de 37 anos, foi espancado a 28 de Fevereiro. Esteve largas semanas em coma, até que os médicos, perdida a esperança, decidiram desligar o ventilador na segunda-feira. Desde sexta-feira que tinha sido declarada a morte cerebral.

Untitled

Notícia do Público (Internacionoal): ESTADOS UNIDOS. Um movimento em expansão. A nova vaga patriótica, o velho KKK, os independentistas e as milícias vigilantes.O Southern Poverty Law Center (SPLC) documentou a existência de 512 grupos associados ao chamado movimento patriótico com actividade regular em 2009. Depois da eleição do primeiro Presidente negro dos Estados Unidos, o movimento radical está em em expansão em todo o país, através do recurso à Internet mas também da publicação de literatura própria. Os grupos que se descrevem como “patrióticos” advogam uma doutrina anti-Governo extrema e dizem ser opositores ao que chamam de “nova ordem mundial”.

Untitled

Notícia do Público (Internacional): Parlamento de Israel “é o mais racista” da história do país. O Governo de Benjamin Netanyahu apresentou, este ano, 21 projectos-lei que discriminam os cidadãos árabes do Estado, o que faz do actual Knesset “o Parlamento mais racista desde a fundação de Israel”, informa um relatório divulgado hoje pelo diário “Ha’aretz”, de Telavive.

Untitled

Notícia dos JN, Sol e Visão: Direitos Humanos: Conselho da Europa alerta para alojamento “deplorável” de ciganos em Portugal. O comissário dos Direitos Humanos do Conselho da Europa, Thomas Hammarberg, alertou o Governo português para as condições de alojamento “deploráveis” dos ciganos, reclamando medidas e realçando com “preocupação” a discriminação de que são alvos.

Untitled

Notícia do JN (Internacional): REINO UNIDO. Atleta paralímpico em risco de deportação. Autoridades britânicas recusaram pedido de clemência de um atleta paralímpico de origem nigeriana, que ganhou cinco medalhas de ouro para o Reino Unido.Vincent Onwubiko, de 43 anos, um halterofilista que chegou ao Reino Unido nos anos 90 e conquistou cinco medalhas de ouro para o Reino Unido em competições paralímpicas entre 1995 e 1997, foi condenado a cinco meses de prisão em 2007 por conduzir um automóvel sem carta e, de acordo com as leis britânicas, pode ser deportado para o país de origem.

Untitled

Notícia do JN: “Tudo isto está muito mal explicado”. A morte de Nuno Rodrigues “MC Snake” não tem passado despercebida. Na internet abundam os comentários nos blogs, nas páginas do myspace, nas caixas de comentários de notícias dos jornais e até no youtube já foi colocado um vídeo de “Tributo ao Mc Snake” com um rap da autoria assinado de “ThuG Paxi0n”.

Untitled

Notícia dos Diário Digital, JN, Sol e Visão: «Poucas pessoas» dão a cara para defender ciganos, dizem.As associações de ciganos portugueses sentem que «poucas pessoas» dão a cara para os defender. Apostados em deixar de ser «bicho papão», querem mandar os filhos à escola, o que entendem ser um «investimento» no futuro do País.António Pinto Nunes, presidente da Federação Calhim, que congrega as associações de ciganos portugueses, afirmou que «90% da sociedade» não aceita os ciganos, «parece que lhes tem repugnância».Apesar de um cigano ser «um sujeito com dignidade, há bom e há mau, [a discriminação] pode acontecer só pelo facto de se vestir de maneira diferente», afirmou.

Untitled

Notícia dos Diário Digital, Expresso: Ban Ki-Moon apela ao fim de todas as formas de racismo O secretário geral da ONU apela hoje a um redobrar de esforços pela erradicação de todas as formas de racismo e discriminação racial, numa mensagem para assinalar o Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial.«Incapacitar o Racismo» é o tema para as comemorações deste ano do Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial, quando se aproxima a realização do campeonato mundial de futebol na África do Sul.Esta efeméride foi proclamada em 1966 para assinalar o momento em que, a 21 de março de 1960, a polícia sul-africana disparou e matou 69 pessoas numa manifestação pacífica contra as leis do apartheid em Sharpeville.

Untitled

Notícia do Diário Digital: Unesco e o Barcelona lançam campanha contra racismo. A Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e o Barcelona anunciam esta sexta-feira o lançamento de uma campanha conjunta contra o racismo, resultando de um acordo assinado em Novembro de 2007.