Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: Em plena marginal de Leça da Palmeira, em frente às piscinas, várias viaturas da PSP e agentes munidos de “shotgun” (caçadeira) indiciavam que algo estava a acontecer. O aparato que intrigava banhistas, automobilistas e transeuntes tinha um motivo o “Casas da Praia”, empreendimento habitacional de luxo em fase de construção, estava a ser passado a pente fino pelas autoridades. Entre os resultados, conta-se a identificação de 98 trabalhadores, seis deles estrangeiros – um de nacionalidade ucraniana detido por estar em situação ilegal – e de um total de 30 subempreiteiros ligados à obra.

Untitled

Notícia do Correio da Manhã: A Direcção Central de Combate ao Banditismo (DCCB) da Polícia Judiciária está perto de desmantelar por completo um gang de assaltantes brasileiros, especializado em assaltos a bancos e a carrinhas de valores. Nas primeiras três semanas deste mês, oito elementos do grupo foram detidos.

Untitled

Notícia do Correio da Manhã: O Instituto de Apoio à Criança (IAC) recebeu, desde o início do ano e até Agosto, 161 denúncias relacionadas com a utilização de crianças para práticas de mendicidade levadas a cabo por imigrantes romenos, um fenómeno com dez anos no nosso país e presente em várias cidades portuguesas. São sobretudo mulhereXs que transportam crianças ao colo ou pela mão e que se encontram a pedir esmola especialmente junto a semáforos.

Untitled

Notícia do Diário de Notícias: Na Azinhaga dos Besouros, na Amadora, mais casas voltaram ontem a ser demolidas quase com as pessoas a terem de fugir à pressa para não ficarem debaixo dos escombros. Mais uma vez, a PSP impediu o acesso dos jornalistas ao bairro degradado, desrespeitando a lei n.º 1/99, que lhes dá o direito de acesso a locais públicos para cobertura informativa. Barrou também a entrada aos Médicos do Mundo. Multiplicam-se as queixas contra a PSP relativas a agressões e retenções na esquadra. Quatro crianças foram retiradas a uma moradora que as tinha à sua guarda. A tudo isto, a PSP responde que “não há comentários a fazer”. Jornal de Notícias: Impedir demolições de construções cujos moradores não tenham alternativas habitacionais é o objectivo da petição que a Plataforma Artigo 65 – associação de defesa do direito à habitação – vai pôr a circular e entregar na Assembleia da República. A medida foi ontem anunciada pela bastonária da Ordem dos Arquitectos, Helena Roseta, na conferência de imprensa que teve lugar junto à Azinhaga dos Besouros, Amadora.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias e Primeiro de Janeiro (Internacional): A Comissão Europeia anunciou que vai reforçar e alargar, pelo menos até Dezembro, a operação que a Agência Europeia de Controlo de Fronteiras (Frontex) tem em curso para combater a imigração ilegal nas Canárias. O anúncio foi feito pelo comissário europeu da Justiça, Liberdade e Segurança, Franco Frattini, depois de um encontro que manteve em Bruxelas sobre imigração ilegal com a vice-presidente do Governo espanhol, María Teresa Fernández de la Vega.

Untitled

Notícia do Jornal Digital, Público e Primeiro de Janeiro: A Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, apresenta no próximo mês vários espectáculos concebidos por artistas imigrantes que vão do jazz, até ao hip hop e ao rap, ao teatro e à moda, inseridos num programa que se prolonga até Outubro e que inclui exposições e filmes. A iniciativa, que está integrada no Fórum Gulbenkian Imigração, passa pela exibição, a partir da próxima segunda-feira, dia 4 de Setembro, de 12 curtas-metragens em vários locais espalhados pela Fundação, filmes que mostram o olhar dos cineastas sobre a imigração, mas que pretendem ser também um «convite à reflexão» sobre esta problemática.

Untitled

Notícia da Rádio Renascença: O PCP quer acabar com os 178 centros de acolhimento temporário de imigrantes que existem na Europa. Os comunistas vão, aliás, lançar uma campanha na Festa do Avante, na Quinta da Atalaia, para encerrar esses centros. A eurodeputada dos comunistas Ilda Figueiredo refere que estes espaços violam os direitos humanos e oferecem fracas condições para acolher os imigrantes que entram clandestinamente na Europa.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: A economia portuguesa teria tido um crescimento negativo se não tivesse recebido o contributo de milhares de imigrantes que vieram trabalhar para Portugal, entre 1995 e 2005. Nesta década, a riqueza produzida por cada uma das pessoas que vive em Portugal (PIB/per capita) aumentou ao ritmo de 1,6% a cada ano, mas só porque recebeu o contributo de trabalhadores vindos de países terceiros. Sem contar com o efeito da imigração, em 2005 Portugal estaria mais pobre do que estava dez anos antes, indica um estudo feito pela Caixa Catalunya e ontem divulgado pela imprensa espanhola.

Untitled

Notícia do Diário de Notícias: As demolições na Azinhaga dos Besouros, na Amadora, foram ontem retomadas, um dia depois de a Câmara Municipal da Amadora ter dito que iria suspender as mesmas. A operação durou até ao meio da tarde, altura em que os polícias que se encontravam no local retiraram a fita que vedava a passagem às pessoas que ali não vivem, incluindo aos jornalistas presentes no local. “Esta situação pode criar ‘legítimos’ focos de revolta na população”, disse a bastonária da Ordem dos Arquitectos, Helena Roseta, que ontem se deslocou ao local. Jornal de Notícias e Público: Duas dirigentes da associação Solidariedade Imigrante que tentavam hoje impedir a demolição de casas degradadas na Azinhaga dos Besouros, na Amadora, foram levadas à esquadra da PSP da Brandoa para identificação. A Câmara da Amadora prossegue hoje a demolição de casas na Azinhaga dos Besouros, zona onde vai passar uma estrada.