Untitled

Notícia do Diário de Notícias e Público: Sete pessoas morreram, entre as quais quatro crianças, e 14 ficaram feridas num incêndio ocorrido na noite de segunda-feira num prédio no centro de Paris. Na sexta-feira passada, um fogo num edifício nos arredores da capital francesa provocou a morte a 17 pessoas, das quais 14 eram menores. Ambos os edifícios estavam em estado de profunda degradação e eram habitados por imigrantes africanos, a maioria em situação ilegal.

Untitled

Notícia do Diário de Notícias, Jornal de Notícias, Primeiro de Janeiro, Correio da Manhã e Público: O ministro da Administração Interna reiterou ontem a sua confiança no director do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e anunciou que a lei da imigração é mesmo para mudar. Segundo António Costa, o Governo está a discutir novas regras para a entrada de imigrantes no País e estas vão ser apresentadas na Assembleia da República até ao final do ano.

Untitled

Notícia Público, Correio da Manhã e Portugal Diário: A lei que regula a entrada, a permanência e a saída de estrangeiros em Portugal está a ser revista pelo Governo, disse ontem ao PÚBLICO o secretário de Estado adjunto e da Administração Interna, José Magalhães. O novo diploma deverá ser apresentado na Assembleia da República (AR) até ao final do ano. E admite a possibilidade de se acabar com o actual modelo de quotas.

Untitled

Notícia do Público, do Portugal Diário e Diário Digital : Em entrevista ao Público, o Director do SEF afirma que Portugal é o país da União Europeia com a política de admissão de imigrantes mais intransigente. Manuel Jarmela Palos, o primeiro inspector de carreira a chefiar o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), diz que se trata de uma tradição legislativa que já não faz sentido e quer que os trabalhadores estrangeiros possam ser legalizados com base nas disponibilidades do mercado de trabalho mas sem estarem obrigados a ter, previamente, um contrato de trabalho.