Untitled

Notícia do Diário de Notícias: A Associação Guineense de Solidariedade Social foi constituída em Fevereiro de 1987, no boom da emigração africana para Portugal. Orgulha-se de ser «a única congénere africana que tem património», um edifício na zona M – preparando-se para construir mais dois na zona I, também em Chelas, em terrenos cedidos pelo Estado.

Untitled

Notícia do Diário de Notícias: A comunidade chinesa actual é oito vezes superior à registada no início dos anos 90. A Liga dos Chineses em Portugal estima que existam 15 mil imigrantes, quase o dobro dos números oficiais, 8723. Oitenta por cento são oriundos da província de Zhejiang e Confúcio é o seu patrono, cuja filosofia de vida influenciou profundamente a cultura chinesa. A maioria é empresário ou trabalha na empresa da família na restauração ou no comércio. Empregam 20 mil pessoas, dos quais quatro mil são portugueses.

Untitled

Notícia do Diário de Notícias: Binta Djaloe, 43 anos, e Tiago Barnora, 47, vivem com uma filha, sobrinha e respectivos filhos, na zona M, em Chelas. São guineenses muçulmanos e constituem uma família nuclear alargada, como é costume nos povos africanos. Em 2004, o fim do ano muçulmano é a 9 de Fevereiro, a festa do carneiro.

Untitled

Notícia do Diário de Notícias: «Os filhos são uma riqueza.» A afirmação é de um guineense e indica que uma criança é também uma força de trabalho numa economia de subsistência como é a da Guiné–Bissau. Mas Tiago Barnora vive em Portugal e trouxe a sua cultura, valores e práticas religiosas. Não admira, portanto, que a comunidade esteja entre os imigrantes que mais filhos têm, numa lista liderada pelos chineses.

Untitled

Notícia do Diário de Notícias: A Câmara de Beja demoliu em Trigaches quatro barracas clandestinas, propriedade de pessoas de etnia cigana. Fonte da autarquia explicou à Lusa que a operação decorreu, ontem, sem incidentes, envolvendo vários trabalhadores e veículos camarários, além de cerca de uma dezena de efectivos da GNR.

Untitled

Notícia do Diário de Notícias: Entre os ucranianos que votaram em Portugal, o resultado foi esmagadoramente favorável ao candidato vencedor na Ucrânia, Viktor Iuchtchenko. De acordo com números fornecidos à agência Lusa por fonte da Embaixada da Ucrânia em Lisboa, votaram no domingo 6241 pessoas. Destas, 6060 escolheram Iuchtchenko.

Untitled

Notícia do Correio da Manhã: O secretário de Estado que tutela os assuntos da Imigração, Feliciano Barreiras Duarte, desloca-se hoje ao Algarve para inaugurar um novo centro de apoio ao imigrante, coordenado pelo Alto Comissariado para a Imigração e Minorias Étnicas (ACIME).