Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) fez ontem mais de uma dezena de buscas em empresas da Região Centro suspeitas de terem celebrado contratos de trabalho fictícios com cidadãos estrangeiros. As firmas em causa são de Coimbra, Figueira da Foz e Montemor-o-Velho e operam nos ramos da construção civil e transportes. Mantinham contratos com cidadãos que nem sequer se encontram no país ou então não trabalhavam nas firmas.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: A Associação Unidos de Cabo Verde apresentou ontem, na Escola Intercultural das Profissões e do Desporto situada na Venda Nova, Amadora, um manual integrado de apoio ao imigrante, que será publicado a partir de Janeiro. Uma iniciativa inserida no âmbito da Plataforma Integrada de Desenvolvimento da Amadora.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: Quarenta e sete mil imigrantes ilegais preencheram o requisito prévio para solicitar a sua legalização. Um processo que decorreu depois de o Governo ter decidido criar um período para o efeito. O prazo expirou no passado mês de Junho. Agora, durante os próximos seis meses, os imigrantes vão ser chamados para fazerem a prova real da sua situação.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: O bastonário da Ordem dos Advogados (OA) saiu ontem agradado de uma reunião com o ministro da Administração Interna, Daniel Sanches, do qual recebeu promessas de análise de questões que vem suscitando há anos. Entre elas, o apoio judiciário em esquadras, postos policiais e centros de imigração nos aeroportos.

Untitled

Notícia do Portugal Diário (Internacional): Um total de 775 imigrantes clandestinos chegou à ilha italiana de Lampedusa (sul) nas últimas 48 horas, depois da intercepção, esta segunda-feira, de uma barcaça onde se amontoavam 250 homens e mulhereXs de origem africana, informou a Guarda Costeira.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: Termina hoje a festa multicultural «Conhecer para aceitar», que se realiza pelo terceiro ano no bairro da Quinta Fonte da Prata, freguesia de Alhos Vedros. Durante três dias, a população teve oportunidade de «aprender a conhecer e a respeitar» os diferentes costumes e tradições.