Untitled

Notícia do Público, Diário de Notícias e Jornal de Notícias: Três cidadãos angolanos estão desde sexta-feira em greve de fome frente à Câmara de Loures para exigirem uma alternativa à habitação destruída pela autarquia. Estes viviam com as respectivas famílias, num total de seis adultos e cinco crianças, num anexo de rés-do chão e primeiro andar na Rua Padre Cruz, 87, no Bairro da Castelhana, em São João da Talha, demolido pela autarquia.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias: O bispo de Angra do Heroísmo, Açores, D. António Braga, defendeu ontem a adopção de medidas que ponham fim ao “ciclo vicioso” que impede a legalização de muitos dos imigrantes que residem e trabalham em Portugal. “Os imigrantes não têm contrato de trabalho porque não estão legalizados e não podem legalizar-se porque não têm contrato de trabalho”, escreve o prelado numa nota sobre o Dia Diocesano da Imigração, que se hoje se assinala. Embora reconhecendo como “boa medida” o registo prévio que está a decorrer para a regularização dos imigrantes em situação de trabalho dependente, D.António Braga interroga-se sobre “o que vai acontecer aos trabalhadores imigrantes sem contrato de trabalho”.

Untitled

Notícia do Jornal de Notícias e Correio da Manhã: O cônsul da Ucrânia não avisou a família de Georgy Petko, o cidadão ucraniano que morreu na passada segunda-feira, no aeroporto de Lisboa. O diplomata, que entretanto foi chamado pelas autoridades daquele país, limitou-se a confimar o óbito. Na sequência da morte, a Amnistia Internacional pediu uma investigação urgente às circunstâncias em que o caso ocorreu e à forma como se processou a extradição.

Untitled

Notícia do Público: A duração e a utilização excessiva da prisão preventiva, o uso desproporcionado da força por parte da polícia e a lentidão da justiça são alguns dos problemas apontados a Portugal, pela Amnistia Internacional, num relatório divulgado ontem. O documento, relativo ao ano passado, denuncia ainda falhas no cumprimento das condições de segurança e de higiene nas prisões, bem como a existência de racismo contra minorias étnicas. (Ver também notícia sobre o Relatório Mundial da Amnistia Internacional)

Untitled

Notícia do Público: Artur Marques, o advogado do imigrante ucraniano Georky Petko que morreu terça-feira à noite no aeroporto de Lisboa quando tentava fugir à extradição para o seu país, vai processar o Estado português por aquilo que diz ser uma “extradição ilegal”. Em Julho do ano passado, na sequência da detenção, Georky Petko entrara com um pedido de asilo político. O ucraniano alegava que sofria de perseguição política na Ucrânia, por ter exercido actividade sindical numa empresa do Estado onde teria denunciado actos de corrupção praticados pela gerência. Segundo Artur Marques, Georky estivera detido e fora torturado na Ucrânia.

Untitled

Notícia do Público: Lenocínio, auxilio à imigração ilegal, angariação de mão-se-obra ilegal e ofensas à integridade física – estes são alguns dos crimes de que são acusados os proprietários e gerentes de casas de alterne de Bragança, detidos em Fevereiro deste ano, na sequência de uma mega-operação desencadeada pelo Ministério Público (MP).